Camiões da Cargill transportam xarope
De forma a diminuir o tempo de espera dos condutores, a Cargill cria uma solução criativa, utilizando uma mangueira extensível para transportar o xarope desde o interior do terminal de moagem de milho até aos camiões no exterior.

Uma solução inteligente para um abastecimento mais rápido de xarope de milho


Através de um cais de carga pouco convencional no seu terminal de moagem de milho em Washington, a Cargill ajuda os clientes a reduzir o tempo de transporte e a aumentar a produtividade.

Os condutores de camiões perdem muitas vezes tempo no trânsito, em estradas difíceis e também perdem muito tempo nas estações de abastecimento dos produtos. No entanto, graças à Cargill, um método de abastecimento criativo está a ajudar os condutores a cumprir os horários. No terminal de moagem de milho da empresa em Seattle, Washington, os condutores de camiões podem agora entrar no terminal e abastecer diretamente os seus camiões com xarope de milho com alto teor em frutose, sem qualquer atraso. O novo método permite-lhes chegar e partir rapidamente, para depois entregarem os produtos a clientes desde a costa oeste dos Estados Unidos até ao Canadá.

Antes da introdução deste novo método, em 2013, o processo de abastecimento levantava alguns problemas. A Cargill ficou a saber que alguns dos seus clientes tinham de esperar mais de uma hora para que um dos dois cais de carga ficasse disponível, antes de poderem transferir o xarope para os seus camiões. Tendo isso em conta, a empresa começou a procurar formas inovadoras de reduzir o congestionamento.

A solução mais rápida envolvia uma ramificação da linha de abastecimento principal, através da qual o xarope de milho podia ser transportado para os camiões que esperavam fora da vedação do terminal. A solução da Cargill, apelidada de “terceiro cais”, foi concebida especialmente para servir clientes como a PepsiCo que cumpriam condições de “serviço de transporte de 72 horas”. Uma vez que estes camiões-cisterna transportavam sempre os mesmos produtos para as mesmas instalações, podiam reabastecer o máximo de vezes possível durante um período de três dias, sem necessidade de lavagem. Este processo mais eficiente poupou aos condutores até quatro horas por dia.

 

“A Pepsi ficou, obviamente, encantada — já não precisavam de esperar na rua durante uma hora ou mais, e [podiam] entrar e sair rapidamente sem qualquer atraso.”— Kenneth Falcone, Diretor do Seattle Corn Milling Terminal, Cargill

 

O aumento na produtividade levou a uma resposta extremamente positiva da PepsiCo, e, desde então, a Cargill disponibilizou a linha externa a mais clientes seus. Atualmente, uma quantidade maior de grandes compradores de xarope de milho da Cargill, incluindo a The Coca-Cola Company, podem abastecer e transportar o produto mais rápido do que antes